Aquém de sua vontade

Não busques o equilíbrio
nas coisas. Elas jazem
aquém de sua vontade.

Nem no dia que se alteia
longe de teus braços.

O equilíbrio é um arrabalde,
um corte na justiça.

Nem o amor, nem o antigo
vagar dos planetas.

Nada te equilibra,
nada salva
seu rumor de semente.

Carlos Néjar

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s