CAMINHO

Era um caminho que de tão velho, minha filha,
já nem mais sabia aonde ia…

Era um caminho
velhinho,
perdido…

Não havia traços
de passos no dia
em que por acaso o descobri:
pedras e urzes iam cobrindo tudo.

O caminho agonizava, morria
sozinho…
Eu vi…

Porque são os passos que fazem os caminhos!

Mario Quintana

Anúncios

Um comentário sobre “CAMINHO

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s