Pequenos Poemas – Paulo Leminski (II)

essa idéia
ninguém me tira
matéria é mentira

*

não fosse isso
e era menos
não fosse tanto
e era quase

*

amei em cheio
meio amei-o
meio não amei-o

*

vazio agudo
ando meio
cheio de tudo

*

Acordei bemol
Tudo estava sustenido

Sol fazia
Só não fazia sentido

*

amar é um elo
entre o azul
e o amarelo

*

dia sem senso
acendo o cigarro
no incenso

*

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s